Blog :: Xalingo

Organizando a festa do seu bebê: faça um cronograma de planejamento

Seguindo o nosso clima de aniversário, hoje daremos dicas de como planejar a festa de aniversário do seu filho com antecedência, evitando imprevistos. Algumas providências não podem ser tomadas de última hora, por isso fazer um cronograma de atividades é a garantia do sucesso do seu evento!

Fazer uma grande festa e comemorar o aniversário do seu pequeno é uma grande diversão, mas só vale a pena se você conseguir organizar sem desespero e atropelos. Independente de você estar organizando um mega evento ou algo mais simples e econômico, essas dicas podem ser úteis.

A primeira decisão a ser tomada é em relação aos convidados. Ter uma noção da quantidade de pessoas, e se estes são em sua maioria adultos ou crianças, ajudará a tomar decisões quanto ao que servir e em relação ao local que a festa será realizada. Se houverem muitas crianças, por exemplo, você precisará de um espaço onde elas possam brincar tranquilamente e que você não precisará se preocupar com questões de barulho ou com objetos que possam ser quebrados. Um apartamento, por exemplo, não seria o local ideal.

A partir de um esboço, mesmo que mental, da sua lista de convidados, você pode começar a planejar o seu cronograma. Pessoas com mais experiência em eventos, festas para uma quantidade pequena de convidados ou realizadas em casa e cidades pequenas são alguns fatores que podem reduzir bastante o tempo da organização da festa. De qualquer forma, sugerimos um cronograma espaçado e para planejar tudo com tranqüilidade. Pode parecer exagero, mas uma festa planejada com bastante antecedência pode ser até mais econômica, já que permite uma maior pesquisa, além de trazer a possibilidade de ir adquirindo alguns itens ao longo do tempo ou fazendo economias para as despesas. Além disso, se você optar por contratar alguns serviços ou alugar objetos, a organização em cima da hora pode trazer surpresas nada positivas, especialmente nas grandes capitais onde, embora a oferta seja maior, a demanda também costuma ser bastante grande.

De oito a três meses antes:

Defina o local. Se for na sua casa ou de alguém próximo, essa etapa dispensa preocupação. Mas se a idéia é alugar espaço, inicie o quanto antes. Além de exigir pesquisa para encontrar um local que se enquadre na sua verba, na quantidade de convidados e em uma localização que lhe agrade, esses locais costumam ter a agenda bastante lotada. Até mesmo salões de condomínio passam por períodos de enorme demanda. Se for realizar a festa em bufês ou salões alugados, verifique se o escolhido é dos que realizam mais de uma festa por dia pois, se for, você terá que estipular horário de término da festinha.

Três meses antes:

Escolha o tema da festinha e defina a lista definitiva de convidados. Assim, você terá um bom prazo para bolar as lembrancinhas e os convites. Existe uma infinidade de opções de decoração para comprar, alugar ainda ou empresas que as desenvolvem exclusivamente. A pesquisa por esses itens pode ser divertida. Se o seu filho já for maiorzinho, você pode incluí-lo em algumas etapas da pesquisa. Pode ser divertido!

Dois meses antes:

Pense no horário da festa, caso ele não tenha sido definido ao locar o local. Comece a preparar convites e lembrancinhas ou trate de encomendá-lo, caso vá comprá-los prontos. Esse também é o momento de contratar prestadores de serviços, como fotógrafo, doceira, monitores de recreação infantil, palhaços etc. E, por fim, defina o que será servido para comer e beber e se você fará os quitutes, encomendará em alguma confeitaria ou contratará um bufê. Se optar pela segunda ou terceira opção, já verifique com as empresas escolhidas se a encomenda já pode ser feita.

De um mês a 15 dias antes:

Providencie a roupinha da criança para a festa. E comece a enviar o convite para amigos e familiares que morem em outras cidades, se houverem, ou se for pedir para os convidados confirmarem presença. Quando se trata de uma festa muito grande, ou com bufê contratado, recomenda-se pedir confirmação para que a comida seja preparada na quantidade certa e evitar imprevistos ou sobras desnecessárias.

Até 15 dias antes:

Distribua o restante dos convites.

De 10 a 5 dias antes:

Se for providenciar as comidas e bebidas você mesmo, esse é o momento de começar a comprá-los, a fim de evitar imprevistos. Compre as bebidas, pratinhos, copinhos e afins, além de itens alimentícios não perecíveis, deixando apenas os itens que podem estragar para as vésperas da festa.

2 dias antes:

Se você contratou profissionais, ligue para todos eles e faça uma checagem, garantindo que tudo está ok.

1 dia antes:

Se a festa não for em sua casa – por exemplo, se for em bufê ou na casa de um parente –, deixe as lembrancinhas por lá na véspera. E também as bebidas para gelar.

No dia da festa:

Divirta-se! Mas lembre-se que você deu o seu melhor para que a festa saísse como você imaginava. Imprevistos sempre podem acontecer, mas não deixe esses eventuais incômodos estragarem o dia de seu pequeno. Aproveite com ele e com os seus convidados esse momento tão gostoso. E parabéns! Você e seu pequeno merecem!

Fontes: www.bebe.com.br + redação Xalingo

Fonte da imagem: GetttyImages

6 ComentáriosDeixe um comentário

Deixe um comentário para Mariana Cancelar resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *