Blog :: Xalingo

Brincando na água!

Que tal aproveitar as altas temperaturas para divertir as crianças com jogos aquáticos? Dá pra curtir na praia, na piscina, no clube, no campo ou até mesmo no pátio de casa.

Além de divertido e refrescante, brincadeiras na água fazem muito bem à saúde dos pequenos, como mostra a reportagem a seguir:

PÁTIO SEM PISCINA:

BEXIGUINHA

Número de participantes: de 4 a quantos quiserem brincar, mas deve ser número par

Material: Um daqueles balõezinhos que se enche com água (as bexiguinhas) para cada duas pessoas.

Como brincar: Encham um balãozinho para cada dupla. Formem duas filas, com as duplas em frente uma da outra. Uma fila começa com os balões, e deve jogá-los para suas duplas na outra fila, sem deixar cair.

Cada vez que o balão for jogado, a dupla dá um passo para trás cada um, ficando mais longe, de modo que vai ficando cada vez mais difícil jogar o balão sem estourá-lo. Ganha a última dupla que ficar com o balão inteiro.

LOCAIS COM PISCINA:

TÚNEL NA PISCINA

Número de participantes: no mínimo 3

Como brincar: Joguem na parte rasa da piscina, onde todos encostem o pé no chão. Escolham uma pessoa para ser o pegador. Os outros devem tentar escapar. Quem for pego deve ficar parado com as pernas abertas.

Uma pessoa pode ser libertada se outra mergulhar e passar por baixo de suas pernas. O último a ser pego é o pegador na próxima rodada.

TUBARÃO E PEIXINHO

Número de participantes: de 3 a quantos couberem (um ao lado do outro) em uma borda da piscina

Como brincar: Um jogador começa como tubarão, no meio da piscina. Os outros são peixinhos e começam em uma das bordas. O tubarão grita “peixinhos!”, e os peixinhos devem pular na piscina e nadar o mais rápido possível até a outra borda sem serem pegos pelo tubarão.

Quem for pego vira tubarão. O jogo continua até sobrar só um peixinho, que é o vencedor. Se quiserem continuar, o vencedor pode começar como tubarão na rodada seguinte.

RESGATE

Número de participantes: no mínimo 2

Material: pequenos objetos que boiem, como coquinhos de pinheiro ou fichas plásticas, em número duas vezes maior que o número de participantes.

Como brincar: Os participantes ficam na borda da piscina, virados para fora. Um jogador lança as pecinhas na água e grita “já!”. Todos tentar pegar as pecinhas. Não vale arrancar da mão de outra pessoa. O primeiro que pegar duas pecinhas e sair da água é o vencedor.

Sugestão: Se houver óculos de mergulho e os participantes souberem mergulhar, se pode usar objetos que afundem.

Nos jogos que envolvem piscina, lembre-se de tomar os devidos cuidados com a segurança dos pequenos! É importante ter sempre a supervisão de um adulto que saiba nadar, e as crianças menores devem usar bóias de braço.

Fonte: Terra Crianças e Getty Images

3 ComentáriosDeixe um comentário

Deixe um comentário para Gabriela Cancelar resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *