Blog :: Xalingo

Tag - Natal

O que fazer quando a criança tem medo de Papai Noel?

Nessa época, um novo medo das crianças se manifesta: muitas delas choram ou se assustam ao ver o Papai Noel. Isso acontece especialmente com as de até três anos, que podem se assustar, muitas vezes, mais com o barulho e a movimentação em torno do bom velhinho do que com a figura em si.

De acordo com a Revista Crescer, não vale forçar a barra. O ideal é, aos poucos, apresentar a figura para a criança em um local seguro e calmo, ou seja, em casa. Mostre imagens, explique quem é e o que faz aquele senhor de barba branca e trajes vermelhos, e faça o pequeno participar da decoração da casa para o Natal. De acordo com a psicóloga Márcia Ferreira, geralmente a criança se assusta quando não está familiarizada com o tema.

Se o comportamento se manifestar em crianças com mais de quatro anos, possivelmente isso é um sinal de super proteção por parte dos pais. De qualquer forma, vale a dica de não forçar a barra e ir apresentando a figura aos poucos… Além de rever as atitudes que podem estar ocasionando o problema.

Evite o desperdício nas ceias de fim de ano

Quando chega o final do ano, as famílias começam a programar as ceias, tanto de Natal quanto de Ano Novo. Muitos acabam exagerando e, passada a festa, vem a pergunta: “O que a gente vai fazer com tanta comida?” Todos os dias, uma família de quatro pessoas joga 350g de comida no lixo, e nesta época do ano, a falta de planejamento faz com que a quantidade descartada aumente. Para evitar jogar comida – e dinheiro – fora, o segredo e planejar. Afinal você não quer que seus filhos achem que gastar com comida e depois jogar fora é uma atitude normal e correta, não é?

Para evitar desperdício, você pode optar por um prato que a sua família comeria por completo em uma única refeição; não é preciso dobrar a quantidade. Também é interessante escolher um prato principal: não há necessidade de fazer peru, tender e bacalhau. Um peru de 2kg serve até oito pessoas.

A sobremesa também pode ser única. Uma torta serve facilmente oito pessoas. Se as festas incluem mais de um encontro (pode ser o jantar do dia 24 e o almoço do dia 25) que tal combinar com outra família que participe do evento de uma levar um doce à noite e a outra ao meio-dia?

Passada a janta, o que sobrou deve ser logo guardado na geladeira para não estragar. Recomenda-se que a comida fique na geladeira por até dois dias, na primeira prateleira de cima (que refrigera melhor).

Para não enjoar de comer a mesma coisa por um ou dois dias, que tal “reciclar”, criar pratos novos a partir do velho? Sim, você pode transformar o peru em uma torta salgada, no recheio de panquecas ou em um arroz de forno. O tender pode ser aproveitado no recheio de pastinhas ou patês e o bacalhau pode ser desfiado e usado em outras receitas. Use a internet a seu favor e descubra outros pratos saborosos!

E bom apetite!

Cartas para Noel

Se você tem um filho pequeno, que ainda espera o Papai Noel trazer o presente na noite de Natal, que tal incentivá-lo a escrever  uma cartinha para o bom velhinho?  O tradicional “Querido Papai Noel…” pode ser um momento divertido em família, estimulando a reflexão dos pequenos.

Escolha um papel bem bonito, de preferência colorido – que ajudará a criança a perceber a importância deste momento. Se possível, reúna toda a família para este momento. Para escrever, incentive as crianças a dizerem o que desejam de Natal e porque merecem ganhar o que estão pedindo. Elas devem falar sobre comportamento, empenho nas atividades de rotina, e também o que podem ter feito de errado e que se comprometem a mudar.

Papai e mamãe também podem entrar na brincadeira – que para os pequenos é um assunto sério! – e fazer seus pedidos para o Papai Noel, assim como falarem de seu comportamento durante o ano.

É importante também falar sobre outros “presentes”, como o bem-estar da família, saúde, união e companheirismo. Assim, os pais reforçam para as crianças que nem tudo é comprado ou tem valor monetário…